Fabricação e venda de peças e acessórios para carga e descarga de caminhões-tanque

Santa Catarina conquista, oficialmente, a divisão de Furtos e Roubos de Cargas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

“Eu confio muito nesses policiais e os senhores podem ter certeza de que faremos o melhor pela sociedade catarinense”, alegou o delegado Raphael Werling na tarde desta terça-feira, 23 de janeiro. Ele foi nomeado para conduzir a Divisão de Furtos e Roubos de Cargas (DFRC) de Santa Catarina, cuja solenidade de criação ocorreu na sede da Secretaria do Estado de Segurança Pública (SSP/SC), em Florianópolis.
 
A Divisão foi criada por meio da Portaria nº 25/2018, assinada pelo secretário, César Grubba, e o delegado Geral da Polícia Civil (PC/SC), Artur Nitz. Ação que, para os empresários do Transporte Rodoviário de Cargas (TRC), é um desejo antigo. “Foi a concretização deste anseio”, salientou o presidente da Fetrancesc, Ari Rabaiolli.
 
“Este é um momento muito importante para a Secretaria, a Polícia Civil, a Fetrancesc e a sociedade em geral. Com a criação da Divisão, combateremos ainda mais fortemente um crime que afeta sobremaneira a economia, uma vez que, entre outras coisas, gera perda de receita, além de fomentar a violência”, falou Grubba ao assinar a portaria de criação da Divisão.
 
O líder da Fetrancesc aproveitou para reforçar, durante discurso, que “se há o autor do roubo de cargas é porque há o receptador”. E, acrescentou, que “só o movimento da Lei 17.405 e da criação da Divisão já gerou bons resultados pela redução. E isso reflete o comprometimento da Secretaria de Segurança e da Polícia Civil em relação a toda a sociedade”.
 
“Fico muito satisfeito com a criação da Divisão e por saber dos policiais que atuarão nela”, disse Nitz em discurso. O delegado Geral aproveitou, ainda, para destacar os números de Roubo de Cargas em Santa Catarina e a redução identificada nos primeiros 22 dias de 2018: “Tivemos o equivalente a um caso a cada quatro dias, o que é uma redução significativa em relação à 2016, ainda mais considerando que agora teremos uma equipe totalmente focada neste delito”, acrescentou.
 
 
Divisão será conduzida por equipe altamente capacitada – Um delegado experiente, assessorado por uma equipe com expertise neste delito. Assim definiu o diretor da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), Adriano Bini, ao falar dos policiais que atuarão junto a Raphael Souza. “São policiais experientes, porque esta atuação é diferenciada. E a parceria da Divisão com as entidades é fundamental para elucidar os crimes”, explicou.
 
Mylena Gomes é uma das agentes que já foi conduzida para atuar na DFRC. A nova missão é, para ela, “de grande responsabilidade. E nós estamos muito motivados, principalmente pelo respaldo que temos dos nossos superiores”, comentou. A policial ressaltou a importância da atividade da equipe e acrescentou que “estamos comprometidos com resultados, tanto para redução de índices quanto para prisão de envolvidos”.
 

Categorias

Treinamentos
Produtos MGN
Notícias
Na estrada
Kit Reparo
Institucional
Dicas MGN

Assine nossa newsletter

Receba novidades e informações sobre serviços e produtos.

pt_BRPortuguese

Alerta de cookies

Otimizamos a sua experiência durante a navegação em nosso site através do uso de cookies, que permitem fornecer funcionalidades como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade, além de aperfeiçoar a experiência do usuário por meio de vários recursos, como reconhecimento de idioma e resultados de pesquisa.
Nosso site também pode usar cookies de terceiros para enviar a publicidade mais relevante para você.
Ao continuar a navegação, entendemos que você está de acordo com referido procedimento.
Para mais informações acesse nossa Política de Privacidade.