Fabricação e venda de peças e acessórios para carga e descarga de caminhões-tanque

Setor produtivo e caminhoneiros se reúnem hoje com Fux

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, recebe novamente hoje (28) representantes do setor produtivo e dos caminhoneiros, em busca de acordo sobre o preço do frete.
 
Numa primeira audiência na semana passada, a Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) defendeu o preço mínimo.
 
Já a CNI (confederação da indústria) e a CNA (da agricultura) insistiram numa tabela com preços de referência.
 
Diante do impasse, o ministro deu uma semana para que os dois lados chegassem a um consenso. Se isso não ocorrer, o tema irá para audiência pública no dia 27 de agosto.
 
O setor produtivo brasileiro continua pressionando o governo para uma revisão do tabelamento do frete.
 
Uma ação da ATR (Associação do Transporte Rodoviário de Cargas no Brasil) contra a medida está sendo apoiada por várias outras associações.
 
A Abiove, que representa a indústria de óleos vegetais, estima um custo de R$ 53,2 bilhões para o para o setor produtivo com o tabelamento. Em seu segmento, a Abiove diz que, até o fim do ano, as perdas podem chegar a US$ 11,8 bilhões.
 
A Abir, que reúne a indústria de refrigerantes, avalia que a tabela promoverá um aumento de mais de 30% no custo do frete. Isso acarretará reajuste de até 10% no preço final do produto: o sobrepreço poderá chegar a R$ 7 bilhões.
 
A Anda, do setor de adubos, fala em custo extra de R$ 3 bilhões ao setor, que será repassado ao agricultor. A CNA diz que o setor perde R$ 500 milhões ao dia.
 
A Abia, que representa a indústria de alimentação, diz que a absorção do aumento da tabela levaria a R$ 23 bilhões anuais em perdas.
 

Categorias

Treinamentos
Produtos MGN
Notícias
Na estrada
Kit Reparo
Institucional
Dicas MGN
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Assine nossa newsletter

Receba novidades e informações sobre serviços e produtos.

Alerta de cookies

Otimizamos a sua experiência durante a navegação em nosso site através do uso de cookies, que permitem fornecer funcionalidades como segurança, gerenciamento de rede e acessibilidade, além de aperfeiçoar a experiência do usuário por meio de vários recursos, como reconhecimento de idioma e resultados de pesquisa.
Nosso site também pode usar cookies de terceiros para enviar a publicidade mais relevante para você.
Ao continuar a navegação, entendemos que você está de acordo com referido procedimento.
Para mais informações acesse nossa Política de Privacidade.